25 GRANDES OBRAS-PRIMAS PSICOLÓGICAS E FILOSÓFICAS DO CINEMA



Esta foi uma das listas mais prazerosas e pessoais que já fiz até agora, porque os filmes listados aqui são os meus preferidos, estes foram os filmes que me introduziram ao cinema e me transformaram num cinéfilo de coração e alma.

Estas são com certeza algumas das obras máximas do cinema mundial, e mesmo que elas sejam totalmente diferentes daquilo que você esteja acostumado, não se acanhe, e nem se deixe frustar por elas, porque se você assisti-las com certeza isso irá mudar sua convicção de mundo transformando também sua vida, sem exageros.

Esta lista remete aos filmes mais filosóficos que tive o prazer de assistir, filmes estes que transcendem a arte cinematográfica se tornando obras-primas que apenas os gênios do cinema poderiam conceber. Aqui a filosofia está lado a lado com a psicologia porque esses filmes focam diretamente na psique e existência humana, transgredindo ideologias e opiniões.

Os filmes estão dispostas em ordem aleatória.


25- O Idiota (Akira Kurosawa, 1951)




Sinopse: Com O Idiota, Kurosawa utiliza um texto de peso do mestre Dostoiévski. Conheça a história de Kameda, que viaja para Hokkaiko e acaba se envolvendo com duas mulheres. A tragédia acontece após uma perceber que não é amada e decidir tomar providências drásticas quanto a sua situação.

24- O Barba Ruiva (Akira Kurosawa, 1965)




Sinopse: A história se passa em um hospital de caridade, na cidade de Edo (atualmente Tóquio), no Japão do século XIX.

Um médico jovem e arrogante e um piedoso professor têm um tumultuado relacionamento na clínica em que trabalham. O professor, que é diretor da clínica, tenta ensinar a seu amargurado médico residente a respeitar e apreciar as vidas de seus pacientes desamparados.


23- O Enigma de Kaspar Hauser (Werner Herzog, 1974)




Sinopse: Garoto é criado num porão, longe de qualquer contato com outro ser humano, até completar 18 anos. Sem saber falar, andar ou sua própria identidade, ele é levado para a cidade, onde é objeto de curiosidade e desprezo da população local.


22- Vida Cigana (Emir Kusturica, 1988)




Sinopse: Perhan é um cigano que mora com sua avó na periferia de Sarajevo. Apaixonado por Azra, seu sonho é ganhar dinheiro suficiente para poder casar-se com ela. O vagabundo Ahmed propõe a Perhan ir para a Itália, na tentativa de fazer fortuna rápido. O jovem aceita, e quando se dá conta já é prisioneiro de um mundo sem escrúpulos, cheio de mágoa, do qual ele não quer participar.

21- Repulsa ao Sexo (Roman Polanski, 1965)




Sinopse: Em Londres Carol Ledoux (Catherine Deneuve) é uma bela mulher que é sexualmente reprimida e vive com sua irmã mais velha. Ela constantemente resiste aos assédios do seu namorado e também desaprova o amante da irmã. Quando esta viaja com ele em férias, Carol fica sozinha no apartamento e se afunda em uma profunda depressão, passando a ter várias alucinações.


20- Persona: Quando Duas Mulheres Pecam (Ingmar Bergman, 1966)




Sinopse: Alma, uma enfermeira, deve cuidar de Elisabeth Vogler, uma atriz que está com a saúde muito boa mas se recusa a falar de qualquer jeito. Com a convivência, Alma fala a Elisabeth o tempo todo, inclusive sobre alguns de seus segredos, nunca recebendo resposta. Logo, Alma percebe que sua personalidade está sendo submergida na pessoa de Elisabeth.

19- Através de um Espelho (Ingmar Bergman, 1961)




Sinopse: Harriet Andersson é a frágil Karin que, afetada por crises de loucura, entra em conflito com seus familiares durante as férias de verão numa ilha distante. Um drama psicológico intenso em que Bergman disseca o processo de degradação de uma família.


18- Luz de Inverno (Ingmar Bergman, 1963)




Sinopse: Após ler no jornal que a China possui a bomba atômica e pretende usá-la, um pescador vai à igreja, buscando palavras de conforto e consolo do pastor. Porém, este não consegue ajudá-lo, pois passa por uma crise de fé, temendo também o apocalipse nuclear.


17- O Silêncio (Ingmar Bergman, 1963)




Sinopse: Um das obras centrais da filmografia de Ingmar Bergman, O Silêncio é o desfecho da "Trilogia do Silêncio", formada ainda por Através de um Espelho e Luz de Inverno. Duas irmãs com dificuldades de relacionamento, Esther e Anna, e o filho desta, viajam para a Suécia. Porém, no meio da jornada, são obrigadas a parar num país estrangeiro, onde se hospedam num hotel quase deserto. Neste local, elas se defrontam com o vazio existencial de suas vidas.

16- Nostalgia (Andrei Tarkovsky, 1983)




Sinopse: Jornada mística do poeta russo Andrei Gorchakov à Itália em busca de um novo modo de vida. Depois de 3 meses, viajando em companhia de Eugenia, uma atriz italiana, chegam a um pequeno vilarejo ao norte da Itália. Frustrado e deprimido por ainda não ter encontrado seu caminho, Gorchakov mergulha em seu passado, isolando-se em impenetrável silêncio.


15- O Sacrifício (Andrei Tarkovsky, 1986)




Sinopse: Alexander, um jornalista e ex-ator e filósofo, diz ao filho pequeno como ele está preocupado com a falta de espiritualidade da humanidade moderna. Na noite de seu aniversário, a terceira guerra mundial irrompe. Em seu desespero Alexander transforma-se em uma oração a Deus, oferecendo seu tudo para que a guerra não tenha realmente acontecido.

14- Trinta Anos Esta Noite (Louis Malle, 1963)




Sinopse: O filme narra dois dias na vida de Alain Leroy, um homem angustiado e perdido, que deixava um hospital, onde fazia um tratamento contra o alcoolismo. Sua amante Lydia tenta ajudá-lo quando ele volta a Paris. Alain percorre bares e procura velhos amigos, em uma busca de si mesmo na reconstituição do passado.


13- O Homem Elefante (David Lynch, 1980)




Sinopse: A história de John Merrick, um desafortunado cidadão da Inglaterra vitoriana que era portador do caso mais grave de neurofibromatose múltipla registrado, tendo 90% do seu corpo deformado. Esta situação tendia fazer com que ele passasse toda a sua existência se exibindo em circos de variedades como um monstro. Inicialmente era considerado um débil mental pela sua dificuldade de falar, até que um médico, Frederick Treves, o descobriu e o levou para um hospital. Lá Merrick se liberou emocionalmente e intelectualmente, além de se mostrar uma pessoa sensível ao extremo, que conseguiu recuperar sua dignidade.


12- Solaris (Andrei Tarkovsky, 1972)





Sinopse: Solaris é um planeta distante, que vem sendo constantemente estudado há décadas, e cujo mistério sobre seu oceano ainda não foi esclarecido, nem seus efeitos. Por falta de interesse e resultados, a solarística está morrendo; aliado a isto, os membros na estação espacial que orbita o planeta estão sendo afetados pelo oceano. Por conta disto, o psicólogo Kelvin - conhecido de um dos doutores da solarística e amigo de um dos tripulantes - é mandado para a estação para averiguar a situação. Lá, ele percebe aos poucos que Solaris é, mais que um planeta, um espelho da alma.

11- A Palavra (Carl Theodor Dreyer, 1955)




Sinopse: Uma família de fazendeiros, unida por fortes laços emocionais, passa por momentos de tensões provocados por pequenas desavenças. Sua rotina, após retorno de um dos filhos do patriarca, é modificada pela sua aparente loucura, que tudo indica, deriva de um estudo radical teosófico, que o fez acreditar ser Jesus Cristo. Nem todos aceitam que Johannes Borgen seja demente e fanático. E essa situação estará à prova, depois que um ente querido fica doente. Adaptação da peça teatral de Kaj Munk, pastor e dramaturgo, muito conhecido nos países escandinavos, que foi assassinado pelos nazistas. A Palavra é considerado uma obra-prima dentre os filmes que exploram o poder da fé, do amor e do sobrenatural. Isso se deve a maneira "realista" e "naturalista" que enfoca o tema. Ovacionado no Festival de Veneza, com o Leão de Ouro em 1955, é considerado um dos mais belos filmes em preto-em-branco já produzidos. É possível que este filme não influencie a nossa crença religiosa, mas, por meio dele, presenciemos um dos momentos mais marcantes da história da sétima arte.


10- Paisagem na Neblina (Theodoros Angelopoulos, 1988)




Sinopse: Dois irmãos ainda crianças partem em um trem para a Alemanha, onde supostamente vive o pai que nunca conheceram. Durante a viagem, eles enfrentam sérias dificuldades e são obrigados a amadurecer, abandonando precocemente a infância.


09- Asas do Desejo (Wim Wenders, 1987)




Sinopse: Na Berlim pós-guerra, dois anjos perabulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles lêem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das almas que encontram. Entretanto, um dos anjos, ao se apaixonar por uma trapezista, deseja se tornar um humano para experimentar as alegrias de cada dia.


08- O Sétimo Selo (Ingmar Bergman, 1957)




Sinopse: Após dez anos, um cavaleiro (Max Von Sydow) retorna das Cruzadas e encontra o país devastado pela peste negra. Sua fé em Deus é sensivelmente abalada e enquanto reflete sobre o significado da vida, a Morte (Bengt Ekerot) surge à sua frente querendo levá-lo, pois chegou sua hora. Objetivando ganhar tempo, convida-a para um jogo de xadrez que decidirá se ele parte com a Morte ou não. Tudo depende da sua vitória no jogo e a Morte concorda com o desafio, já que não perde nunca.


07- O Anjo Exterminador (Luis Buñuel, 1962)




Sinopse: Após uma extravagante e farta refeição, os convidados se sentem estranhamente incapazes de deixar a sala de jantar e, nos dias que se seguem, pouco a pouco, caem as máscaras de civilização e virtude e o grupo passa a viver como animais.


06- Stalker (Andrei Tarkovsky, 1979)




Sinopse: Após a suposta queda de meteoritos numa região do planeta, essa região adquire propriedades estranhas e é chamada de Zona. Dentro da Zona, diz a lenda ter o Quarto, que seria um lugar onde todos os seus desejos são realizados. Temendo que a população invada a Zona à procura do Quarto, o exército a isola, mas eles próprios não têm coragem de entrar nela. Apenas alguns poucos, chamados Stalkers, têm habilidade suficiente para entrar e sobreviver lá dentro. Um dia, um escritor famoso e um físico contratam um Stalker para os guiarem ao Quarto, sem exatamente saber o que procuram.


05- Esse Obscuro Objeto de Desejo (Luis Buñuel, 1977)




Sinopse: Logo após Mathieu (Fernando Rey) entrar em um trem, ele joga um balde de água numa bela jovem que estava na plataforma, causando uma grande surpresa para os passageiros que ocupavam a mesma cabine de Mathieu. Ele resolve explicar para os outros passageiros a razão do seu ato e lhes conta que ficou bem obcecado por Conchita (Carole Bouquet), uma bela arrumadeira que parecia nunca ter trabalhado antes com as mãos. Começou então um jogo de gato e rato no qual Mathieu, um homem rico e sofisticado que está entrando na 3ª idade, tenta obsessivamente ganhar os afetos de uma jovem de 18 anos. Assim ela manipula o desejo carnal dele e cada um tenta ganhar absoluto controle sobre o outro.

04- 2001: Uma Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick, 1968)




Sinopse: Desde a “Aurora do Homem” (a pré-história), um misterioso monólito negro parece emitir sinais de outra civilização interferindo no nosso planeta. Quatro milhões de anos depois, no século XXI, uma equipe de astronautas liderados pelo experiente David Bowman (Keir Dullea) e Frank Poole (Gary Lockwood) é enviada a Júpiter para investigar o enigmático monólito na nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000.


03- O Fantasma da Liberdade (Luis Buñuel, 1974)




Sinopse: Várias situações independentes se sucedem, num filme episódico, sempre ligadas por um dos personagens. Mais uma parceria de Luis Buñuel com o roteirista Jean-Claude Carrière. Trama surreal e livre, uma sátira onírica e nonsense, na qual o diretor apela para a total inversão de valores no ataque à religião, à pátria e à família. O humor é erótico e violento.

02- O Discreto Charme da Burguesia (Luis Buñuel, 1972)




Sinopse: Mistura de situações reais da história com os sonhos e devaneios dos personagens. O filme se passa numa tarde onde alguns amigos se encontram para jantar. Crítica às situações e a hipocrisia da vida social burguesa.


01- Oito e Meio (Frederico Fellini, 1963)




Sinopse: Prestes a rodar sua próxima obra, o cineasta Guido Anselmi (Marcello Mastroianni) ainda não tem idéia de como será o filme. Mergulhado em uma crise existencial e pressionado pelo produtor, pela mulher, pela amante e pelos amigos, ele se interna em uma estação de águas e passa a misturar o passado com o presente, ficção com realidade.



Share on Google Plus

About leandro godoy

Sou o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

1 comentários:

  1. Ótima seleção, obras primas!!Conheço algumas, obrigado pela listar..valeu

    ResponderExcluir